Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Receba nossa Newsletter
Nome:
Email:

PRODUTOS



Categoria: PRÓTESES - Membro Inferior


 

TARSO FALANGIANA (LISFRANC)

Refere-se à desarticulação dos metatarsos junto à amputação dos ossos cubóide e cuneiforme. As indicações para essas amputações são em grande maioria problemas vasculares. Esse nível de amputação frequentemente apresenta deformidades em flexão plantar, o que pode dificultar a protetização e requerer revisão cirúrgica. Para esse tipo de amputação já se faz necessário a confecção de uma prótese tradicional, com o cartucho em polipropileno com abertura anterior e na parte distal onde ficará em contato com o coto de borracha bem macia e ou em silicone se o paciente for diabético, a fixação é anterior em velcro, e complementada com o pé feito de borracha cura, porém flexível para ajudar durante a marcha.  

Próteses em silicone-Os produtos em silicone proporcionam excelente funcionalidade, ótima adaptação e cor personalizada às extremidades inferiores. As próteses parciais do pé da Otto Bock são funcionais e atraentes. O objetivo primário é o de obter distribuição equilibrada de pressão e melhorar o padrão da marcha. A excelente adaptação ao coto evita a irritação da pele. A aparência cosmética finaliza a adaptação. O usuário pode caminhar com os pés nus ou vestindo sapatos normais, com saltos de diferentes alturas.Esse tipo de prótese pode ser aplicado a amputações de interfalangianas a tarsofalangianas e alguns casos de transtarsal. 

 




 

TRANSTARSAL (CHOPART)

Consiste em desarticulação entre os ossos navicular e cubóide com o tálus e o calcâneo.Conforme tolerância o paciente, poderá realizar descarga distal sobre o calcâneo.

As próteses podem ser confeccionadas com soquete com abertura anterior e pés em borracha permitindo uma marcha bastante natural e simétrica, similar a amputação de Lisfranc.

Prótese em silicone -Atualmente existe um novo tipo de prótese em silicone que possui uma estética quase perfeita. Além de leve e resistente é também altamente higiênica.




 

DESARTICULAÇÃO DE TORNOZELO (SYME/PIROGOFF)

Utilizada como recurso cirúrgico devido anomalias congênitas, traumas, patologias vasculares ou quando amputações tipo Lisfranc ou de Chopart não são possíveis. Este nível de amputação permitem descarga de peso distal e possibilitam a utilização de pés mecânicos melhorando funcionalidade e estética das próteses. O encaixe da prótese porém deve envolver 2/3 do comprimento da perna.

Para esse tipo de amputação é confeccionado um soquete em borracha que entra em contato com o coto, depois é colocado em um cartucho que é feito em resina acrílica e fibra de carbono e na extremidade é adaptado um pé, que permite uma marcha bastante funcional para o paciente. Geralmente não há contato direto da extremidade do coto com a prótese e esse contato é transferido para o tendão patelar.

Há também uma gama de pés em fibra de carbono que caracterizam-se pela leveza e durabilidade próprios para esse tipo de próprio.